Cotar Agora
Home / Pricípios ativos / Vitamina K1

Vitamina K1

( Vasoprotetor )

Formas de Administração

Uso Oral

Controlado?

Não

Tipo de Receita

Receita Simples (branca, 1 via)

Manipulado

cápsulas

Transtornos da coagulação devidos à falha na formação dos fatores II, VII, IX e X, quando causados por deficiência de vitamina K (antibioticoterapia, mal-absorção) ou por interferência com a sua atividade (anticoagulantes tipo cumarina ou indandiona, salicilatos).

Como usar?

Recomenda-se uma dose inicial de 5 a 10mg usualmente, que pode chegar a 25mg.

Restrições de uso

-

Anticoagulantes orais (anulação do efeito). Antiácidos que contêm alumínio, antibióticos de amplo espectro, latamoxef, quinidina, quinina, salicilatos em doses elevadas, sulfamidas antibacterianas, anticoagulantes derivados da cumarina ou da indandiona, colestiramina, colestipol, óleo mineral, sucralfato, dactinomicina, primaquina.

Contraindicação

A administração a pacientes tratados com anticoagulantes orais pode provocar fenômenos tromboembólicos. Os tratamentos prolongados não são seguros (toxicidade hepática) no paciente com doença hepática. Se a resposta à fitomenadiona não for imediata após a primeira dose, a presença de um problema congênito que origina a falta da resposta à vitamina K deve ser excluída. A relação risco-benefício deve ser avaliada nos seguintes casos: deficiência de glicose-6- fosfato desidrogenase, disfunção hepática.

Observações

-

Efeitos Colaterais

-

Bibliografia

1. https://infinitypharma.com.br/uploads/insumos/pdf/v/vitamina-k1.pdf