Cotar Agora
Home / Pricípios ativos / Syphillinum

Syphillinum

( Homeopatia )

Formas de Administração

Uso Oral

Controlado?

Não

Tipo de Receita

Receita Simples (branca, 1 via)

Manipulado

Glóbulos, solução

agitação incessante. agressividade e marginalidade no mais alto grau. alucinações,que é perseguido, que enlouquecerá, que está sujo, podendo levá-lo a banhar-se continuamente. ansiedades e medos à noitinha. autodestrutividade e destrutividade. aversão à geometria, não pode fazer cálculos matemáticos, porque a sífilis ataca a inteligência e a memória. confuso à respeito da sua identidade, ou seja, ele pensa que não é ele mesmo, com pensamentos desconectados, com perda de memória para as datas, fatos, lugares, nomes de pessoas, etc.; apesar de recordar bem fatos antigos. aversão à sujeira, lavagem compulsiva das mãos, não dão apertos de mão, ou lavam a mão após aperto. centrado em si mesmo e indiferente ao que ocorre ao redor. -crianças agitadas, instáveis e com insônia. aspecto enrugado, envelhecida. cáries e malformações dentárias. choronas desde que nascem, especialmente de noite; podem concentrar-se, com grande dificuldade de aprendizagem, sobretudo para cálculos matemáticos, se equivoca nos cálculos. deformações congênitas, feições distorcidas. depressão, desespero de não curar-se com a sensação de estar paralítico ou de enlouquecer. Desejo acentuado de álcool, sob qualquer forma; tendência hereditária ao alcoolismo. desespero para curar-se. Distúrbios de crescimento. embotado quando tenta fazer cálculos matemáticos; nesta situação tem uma forte tendência a mentir; podemos pensar que o sintoma mentir é um sintoma puramente sicótico, porém no caso de Syphilinum não, porque mente por seu estado de embotamento (não sabe o que diz). emocionalmente desconectados. esbanjador, gasta muito dinheiro, megalomaníaco. falta de confiança em si mesmo. feições faciais distorcidas. humor cambiante ou alternante; mal humorado, se exaspera e se põe muito irritável e inquieto durante as cefaléias. Indiferença pelas pessoas amadas. inquietude que o obriga a caminhar lentamente, vai e vem sem cessar. instabilidade, humor alternante. intolerância à contradição. irritabilidade com tremor ou indiferença com sensação de ficar paralisado. lava as mãos a cada instante, este sintoma pode ser compreendido em vários ângulos: poderemos pensar que uma pessoa se lava suas mãos para apagar as pegadas de um crime, de uma ação que ele mesmo reprova; também podemos tomar como um ato de indiferença (lavar as mãos e deixar ao próximo toda a carga do problema, deixar o outro abandonado à sua própria sorte) e finalmente podemos compreendê-lo como um intento de evitar contaminação, esta explicação seria teoricamente a mais satisfatória para o medicamento, porque ele apresenta medo dos contágios, nestas 03 possibilidades, existe como fundo o sentimento de culpa. Medo terrível da noite, por causa da exaustão mental e fisica ao acordar, isto é intolerável, prefere a morte. não pode fazer a prova, chega na metade e para. neurose compulsiva. Olhar sonolento por pálpebras caídas. Perda de memória, não consegue lembrar os nomes de livros, pessoas ou lugares, dificuldade para o cálculo aritmético. pessoa que prefere esportes mais violentos ou radicais pelo fato de não temerem situações de perigo arriscando a vida constantemente. Piora de todos os sintomas de madrugada. Predisposição a autodestrutividade através do uso de cigarros, álcool, drogas, suicídio e constante exposição ao perigo. ri sem causa´ e ´chora sem causa ou chora quando relata seus sintomas. ruminando suas penúrias passadas. Sensação como se água quente percorresse todas suas veias durante a noite. Sensação como se a cabeça fosse tirada para trás por um peso; sensação de ter vermes nos dentes. Sensação como se tivesse areia nos olhos; como se os ossos estivessem serrados; como se tivera dores de crescimento nos ossos. Sensação de como se fosse enlouquecer, como se estivesse a ponto de ficar paralítico, de apatia e indiferença. sensação de estar afastado, isolado ou estranho de sua família; sensação de não viver, de estar parado na margem de um rio e todas as pessoas vão pelo rio. Sifilinismo gera uma exacerbação sexual levando a todo tipo de desarmonia. sífilis, adquirida ou hereditária, gera todos os tipos de demência mental, além de má formação física. Supersticioso. temor da morte, dos contágios, da pobreza. tendência hereditária ao alcoolismo. violento ao ser contrariado, tem tremores, parece estar à beira de uma convulsão; desejos de matar, insulta, golpeia as paredes com os punhos e com a cabeça. Abscessos em série, com pus fétido. alterações digestivas com hálito fétido. asma bronquial no verão, pior durante uma tormenta, à noite. cancros duros no pênis ou glande com adenopatia inguinal; induração dos órgãos genitais (cordão, testículo, vagina, útero); inflamação e formações nodulares nos testículos e cordões espermáticos. cáries ósseas, dores ósseas noturnas, dentes, ossos do nariz. cefaléia occipital, dores lineares estendendo-se de uma orelha a outra. ciática pior à noite. convulsões epileptiformes depois da menstruação. Coração com dores lancinantes da base ao ápice, durante a madrugada. curvatura da espinha, escoliose. Dentes cariados nas bordas da gengiva, se quebram, bordas serrilhadas, em forma de xícara, de tamanho diminuto, convergem nas pontas. Dentições difíceis, arcadas deformadas e dentes mal implantados, sempre necessitando de aparelhos, que pouco resolvem o problema. dermatoses rebeldes e recidivantes. diplopia, vê uma imagem em cima da outra, estrabismo, inflamações recorrentes da córnea, irite, intensas dores oculares de noite, paralisia dos músculos oculares. Dor de cabeça, de caráter nevrálgico, provocando insônia e delírio durante a madrugada, começa às 16h, piora das 22h às 23h e termina ao nascer do dia. dores nas costas de noite, desde o crepúsculo até o amanhecer, ou depois de urinar. dores no coração que vão desde a base à ponta. Dores desde a escuridão da noite até o nascer do dia; aumentam e diminuem gradualmente, deslocam-se e requerem freqüentes mudanças de posição. dores essencialmente ósseas ou nervosas. dores lineares através das têmporas, ou dos olhos para trás. dores noturnas nos ovários, que estão congestionados e inflamados. dores oculares com ptoses. dores precordiais. Emagrecimento extremo de todo o corpo. Erupções; áreas escurecidas, avermelhadas, cor de cobre, tornando-se azuladas quando ficam frias. Estrabismo. Fissuras no ânus e no reto. fluxo menstrual extremamente abundante que atravessa e escorre ao calcanhar ou regras irregulares, atrasadas, pouco abundantes, sangue fétido. gânglios aumentados de volume. hipertrofia das amígdalas. insônia, pior depois da meia-noite. Leucorréia abundante, ensopando os absorventes e escorrendo até os calcanhares. leucorréia em meninas pequenas. má formação, desde uma orelha mal implantada, um olho mais caído do que o outro, lábio leporino, um dedo ou pé maior do que o outro até grandes deformações físicas. Nanismo. neuralgias à noite. Obstipação persistente durante anos, o reto parece obstruído por estreitamentos. Oftalmia neonatal aguda, pálpebras inchadas, ficam aderidas durante o sono, com dor intensa durante a madrugada. Otalgias. palato fendido. paralisia de um lado só. Prolapso do reto. ptose das pálpebras superiores. Queda dos cabelos. respiração asmática. Reumatismo da junta do ombro ou na inserção deltóide. salivação profusa à noite. secreção de pus esverdeado e fétido.

Como usar?

Recomenda-se o uso conforme orientação de um profissional prescritor habilitado.

Restrições de uso

Uso Adulto e Pediátrico

-

Contraindicação

-

Observações

-

Efeitos Colaterais

-

Bibliografia

1. https://www.abrahcon.com/materia-medica/pt/syphilinum-luesinum-127