Cotar Agora
Home / Pricípios ativos / Sene Extrato Seco

Sene Extrato Seco

( Fitoterápico e Laxantes )

Formas de Administração

Uso Oral

Controlado?

Não

Tipo de Receita

Receita Simples (branca, 1 via)

Manipulado

cápsulas, tintura

É indicado para o tratamento de constipação e em situações que requeiram esvaziamento intestinal. Em doses maiores, apresenta-se como purgante. Seu efeito é obtido algumas horas após a administração oral, pois deverá ocorrer a absorção e liberação dos heterosídeos no intestino grosso. Neste local, pela ação enzimática da flora bacteriana, ocorrerá hidrólise, com consequente liberação das agliconas. Estas irão atuar sobre a mucosa, aumentando o peristaltismo.

Como usar?

- Infusão (rasura): 1 a 2g de folhas por xícara (dose máxima de 5g de folhas por xícara); - Extrato seco: 100 a 300 mg, uma a quatro vezes ao dia, em cápsulas; - Extrato seco (10%): 100 mg ao dia. Ingerir duas cápsulas via oral, à noite, ao deitar-se, ou a critério médico. - Pó: 0,5 a 2 g ao dia (dose máxima de 3g);

Restrições de uso

Uso Adulto

-

Contraindicação

Contraindicado em casos de abdômen agudo, obstrução intestinal, gravidez (pelo seu efeito oxitóxico pode induzir abortos), lactação (ao passar ao leite materno pode provocar diarréias nos lactantes), crianças menores de seis anos, durante a menstruação, estados inflamatórios intestinais ou uterinos, cistites, hemorróidas (pelo seu efeito irritante, sendo que frequentemente se considera uma indicação, como laxante), insuficiência hepática, renal ou cardíaca e durante tratamento com cardiotônicos (a hipopotassemia pode potencializar a ação destes).

Observações

-

Efeitos Colaterais

Podem ocorrer efeitos indesejáveis atribuídos às antraquinonas reduzidas, como vômito, cólicas, congestão dos órgãos abdominais, aumento do fluxo menstrual.

Bibliografia

1. http://florien.com.br/wp-content/uploads/2016/06/SENE.pdf