Cotar Agora
Home / Pricípios ativos / Raloxifeno

Raloxifeno

( Antiosteoporótico )

Formas de Administração

Uso Oral

Controlado?

Não

Tipo de Receita

Receita Simples (branca, 1 via)

Manipulado

cápsulas

Osteoporose pós-menopáusica (tratamento preventivo). Demais: possível redução dos riscos de doenças cárdio-vasculares, proteção contra o câncer de mama, proteção contra o câncer de endométrio, possível prevenção da doença de Alzheimer.

Como usar?

60mg uma vez ao dia, por via oral. Em mulheres com dieta insuficiente de cálcio e Vitamina C, indica-se a complementação dos mesmos.

Restrições de uso

Uso Adulto

Varfarina e cumarinas: não há variação dos níveis plasmáticos de ambos os fármacos; não obstante observaram-se discretas reduções do tempo de protrombina; assim, este parâmetro deve ser monitorado. Não se registrou interação com digoxina, carbonato de cálcio, antiácidos contendo hidróxido de alumínio e magnésio, fenitoína, tamoxifeno, paracetamol, AINE (ácido acetilsalicílico, ibuprofeno, naproxeno), antagonistas H 1, antagonistas H 2, benzodiazepínicos. Colestiramina: não administrar conjuntamente, pois inibe a absorção do fármaco e interfere com a circulação êntero-hepática. Ampicilina: reduz a velocidade de absorção do Raloxifeno, porém não modifica sua biodisponibilidade.

Contraindicação

Hipersensibilidade ao fármaco. Mulheres grávidas, pré-menopáusicas ou que possam vir a engravidar. Pacientes com antecedentes ou condições que favoreçam patologias tromboembólicas.

Observações

-

Efeitos Colaterais

Doença tromboembólica (menos de 1%), rubor, calor (24%), cãibras (5,5%), edema periférico (3,1%).

Bibliografia

1. https://infinitypharma.com.br/uploads/insumos/pdf/r/raloxifeno-hcl.pdf