Cotar Agora
Home / Pricípios ativos / Pentoxifilina

Pentoxifilina

( Vasodilatadores e Vasoprotetor )

Formas de Administração

Uso Oral

Controlado?

Não

Tipo de Receita

Receita Simples (branca, 1 via)

Manipulado

Cápsulas

Doenças oclusivas arteriais periféricas e distúrbios arterio-venosos de natureza aterosclerótica ou diabética (ex.: claudicação intermitente, dor em repouso) e distúrbios tróficos (úlceras nas pernas e gangrena). Alterações circulatórias cerebrais (sequelas de arteriosclerose cerebral, tais como dificuldade na concentração, vertigem, comprometimento da memória), estados isquêmicos e pós-apopléticos. Distúrbios circulatórios do olho ou ouvido interno, associados a processos vasculares degenerativos e a comprometimento da visão ou audição.

Como usar?

Conforme indicação médica

Restrições de uso

Uso Adulto

Quando administrado concomitantemente com agentes anti-hipertensivos (ex. inibidores da ECA) e outras substâncias que diminuem a pressão arterial (ex. nitratos), pentoxiflina pode potencializar a ação destes. O efeito hipoglicemiante da insulina ou dos antidiabéticos orais pode ser potencializado (risco aumentado de hipoglicemia). Portanto, pacientes com diaetes mellitus sob medicação devem ser cuidadosamente monitorizados. Em alguns pacientes, a administração concomitante da pentoxifilina e teofilina pode aumentar os níveis plasmáticos de teofilina. Isto pode levar a um aumento ou intensificação dos efeitos adversos associados à teofilina.

Contraindicação

• Hipersensibilidade a pentoxifilina, à outras metilxantinas ou a algum de seus excipientes; • Hemorragias cerebrais maciças (risco de aumento da hemorragia); • Hemorragia retiniana extensa (risco de aumento da hemorragia); • Gravidez;

Observações

-

Efeitos Colaterais

Especialmente quando é administrado em altas doses, este medicamento pode provocar, frequentemente flush (rubor facial com sensação de calor), distúrbios gastrintestinais tais como sensação de pressão ou de peso no epigástrio, náusea, vômito ou diarreia. Pode ocorrer, ocasionalmente, arritmia cardíaca (ex. taquicardia). Podem ocorrer, ocasionalmente, prurido, ertitema e urticária e, em casos isolados, reação anafilática / anafilactoide acompanhada de, por ex., edema angioneurótico, broncoespasmo e às vezes, até mesmo insuficiência circulatória (choque). Aos primeiros sinais de reação anafilática / anafilactoide, o uso de pentoxifilina comprimidos revestidos deve ser descontinuado imediatamente e um médico deve ser informado. Podem ocorrer ocasionalmente vertigem, cefaleia, agitação e distúrbios do sono e, em casos isolados, colestase intra-hepática e elevação das transaminases. Raramente pode ocorrer angina pectoris, hipotensão e, principalmente em pacientes com tendência à hemorragia, sangramentos (por ex. na pele e/ou mucosa, no estômago e/ou intestino) e, em casos isolados, trombocitopenia.

Bibliografia

1. https://www.ems.com.br/arquivos/produtos/bulas/bula_pentoxifilina_10550_1316.pdf