Home / Pricípios ativos / Epigalocatequina Galato

Epigalocatequina Galato

( Antineoplásico , Anti-inflamatório , Antioxidante , Controle de peso e Desintoxicante )

Cotar Agora

Formas de Administração

Uso Oral

Controlado

Não

Tipo de Receita

Receita Simples (branca, 1 via)

Manipulado

cápsulas

Indicação


Antioxidante: Sua atividade antioxidante deve-se ao mecanismo de transferência de elétron da mesma para as espécies reativas de oxigênio, estabilizando estas substâncias. Em um estudo foram utilizadas catequinas como antioxidantes de radicais livres e dentre as catequinas o EGCG foi o composto mais efetivo como antioxidante na proteção do DNA. Anti-inflamatório: Quando avaliada a ação anti-inflamatória do EGCG em lesão hepática crônica induzida em ratos, constatou-se que o tratamento com esta catequina reduziu significativamente a resposta inflamatória. Gerenciamento do peso corporal: Alguns estudos demonstram que o consumo de epigalocatequina galato em quantidades moderadas aumenta a oxidação de gordura em repouso, pois um dos efeitos do EGCG é a estimulação do metabolismo da gordura. Desintoxicação Hepática: Quando EGCG foi utilizada para tratar células hepáticas que foram submetidas à ação prévia do ácido araquidônico e ferro simulando uma lesão causada pelo etanol, foi verificada a proteção das células contra a toxicidade e a perda de viabilidade induzida pelo ácido araquidônico mais o ferro. Cardioprotetoras: As catequinas estão associadas com o baixo risco de doenças cardiovasculares, particularmente a EGCG, ajudando a prevenir a oxidação de LDL no plasma, passo importante na formação de placas de aterosclerose. Quimioproteção: A EGCG é a principal catequina do chá verde responsável pela ação de quimioproteção. Um estudo comprova que quando aplicada à pele de animais previne a lesão induzida pelos raios UVB, devido a sua ação antioxidante, diminuindo a formação de radicais livres. Em outro estudo foi verificado que o tratamento com EGCG inibiu de 20 a 100% a divisão das células de carcinoma de mama, diminuiu sua viabilidade, e não teve efeito sobre o crescimento das células normais. Tratamento odontológico: O chá verde é composto por polifenóis que possuem potente atividade antioxidante e anti-inflamatória. Sua utilização como dentifrícios em odontologia é uma alternativa segura e eficaz no tratamento da inflamação e estresse oxidativo associados às doenças periodontais.

Posologia


De 50 a 300 mg ao dia.

Restrições de uso


Uso Adulto e Pediátrico

Interação Medicamentosa


-

Contraindicação


Contraindicado para pacientes portadores de hipoglicemia, anemia hipocrômica e insuficiência hepática ou renal.

Observações


-

Reações Adversas


-

Bibliografia


1. http://florien.com.br/wp-content/uploads/2017/11/EGCG-1.pdf