Cotar Agora
Home / Pricípios ativos / Cuprum metallicum

Cuprum metallicum

( Homeopatia )

Formas de Administração

Uso Oral

Controlado?

Não

Tipo de Receita

Receita Simples (branca, 1 via)

Manipulado

glóbulos, solução

O seu pensamento é lento. Responde com lentidão. Está esgotado, quer mental quer fisicamente, como consequência de um excesso de atividade ou por sono insuficiente. Tremores enquanto dorme; por vezes, tem convulsões. As convulsões começam bastas vezes pelo polegar e pelo pulso. Epilepsia que agrava durante a noite, no sono, lua nova e durante o período menstrual. Vertigem. Sede de bebidas frias. Gosto metálico na boca. Dor gástrica com cãibras fortes e do tipo intermitente. Seguem-se-lhe náuseas e nalguns casos vômitos. O abdômen está duro, sensível. Cólicas que melhoram depois de evacuar. Diarreia com cãibras. Cólera. Tosse que melhora quando bebe água fria. A tosse sufoca-o e causa-lhe palpitações. Espasmo da glote. Cãibras na barriga das pernas e pés. Convulsões que começam nos dedos. A pele tem a cor do mármore. AGRAVA – Pelo ar frio; À noite; depois de uma erupção ser suprimida; Antes da menstruação MELHORA – Bebendo água fria.

Como usar?

Recomenda-se o uso conforme orientação de um profissional prescritor habilitado.

Restrições de uso

Uso Adulto e Pediátrico

-

Contraindicação

-

Observações

-

Efeitos Colaterais

-

Bibliografia

1. http://josemariaalves.blogspot.com.br/2009/07/cuprum-metallicum-materia-medica.html