Cotar Agora
Home / Pricípios ativos / Ciproeptadina

Ciproeptadina

( Antialérgico )

Formas de Administração

Uso Oral

Controlado?

Não

Tipo de Receita

Receita Simples (branca, 1 via)

Manipulado

cápsulas

Tratamento sintomático da rinite alérgica, perene e estacional; conjuntivite alérgica (devida a alérgenos de inalação e a alimentos). Reações cutâneas alérgicas não-complicadas, rinorréia associada ao resfriado comum. Urticária.

Como usar?

-

Restrições de uso

Uso Adulto e Pediátrico

São potencializados os efeitos depressores sobre o SNC de antidepressivos tricíclicos: álcool, maprotilina. Aumentam os efeitos antimuscarínicos pelo uso simultâneo de haloperidol, ipratrópio, fenotiazinas ou procainamida. Não se recomenda o uso junto com inibidores da MAO, pois pode prolongar e intensificar os efeitos antimuscarínicos e depressores do SNC dos anti-histamínicos.

Contraindicação

A relação risco-benefício deverá ser avaliada na presença de asma aguda, obstrução do colo vesical, hipertrofia prostática, retenção urinária, glaucoma de ângulo fechado ou aberto, gravidez e lactação.

Observações

-

Efeitos Colaterais

Em pacientes de idade avançada é mais comum que apareçam confusão, sonolência, enjôos e secura na boca, nariz ou garganta. Em crianças podem ocorrer pesadelos, excitação não-habitual, nervosismo e irritabilidade. Podem surgir cansaço ou debilidade não-habituais, micção dificultada ou dolorosa, taquicardia, erupção cutânea.

Bibliografia

1. https://www.misodor.com/FARMACON/CIPROEPTADINA.html