Cotar Agora
Home / Pricípios ativos / Cavalinha Extrato Seco

Cavalinha Extrato Seco

( Fitoterápico , Pele e Diurético )

Formas de Administração

Uso Oral

Controlado?

Não

Tipo de Receita

Receita Simples (branca, 1 via)

Manipulado

Cápsulas, tintura, solução

Amplamente usada na medicina caseira em toda América do Sul. Desde os tempos antigos, é considerado um dos melhores diuréticos de origem vegetal. Sua atividade diurética é suave, sem modificar o equilíbrio hidroeletrolítico, o qual é aproveitado no tratamento de hipertensão arterial e em terapias coadjuvantes de emagrecimento. Também tem ação adstringente, o que melhora transtornos circulatórios; e estípticas (estancador hemorrágico). Apresenta propriedades remineralizantes atribuídas ao silício e também estimula a biossíntese de fibras colágenas e de elastina, preservando a elasticidade e tonicidade do tecido cutâneo. Participa da calcificação dos ossos, tendo parte na matriz fibrosa colágena. Estimula o metabolismo cutâneo, acelera a cicatrização e aumenta a elasticidade de peles secas e senis, atuando como hidratante profundo. Desenvolve certa ação antimicrobiana devido aos flavonóides. E por suas propriedades adstringentes e detergentes pode atuar como coadjuvante no tratamento externo da acne.

Como usar?

Decocto ou infusão (rasura) a 5%: 50 a 200 mL ao dia; Extrato seco: 400 a 1000 mg ao dia, divididas em 3 doses, antes das principais refeições; Pó: 1 a 2 g ao dia, antes das principais refeições. Tintura: 1 colher de café 3 vezes ao dia; TM: 20 a 50 gotas por dia;

Restrições de uso

Uso Adulto

-

Contraindicação

Contraindicada na disfunção cardíaca e/ou renal. Não deve ser ingerida por gestantes.

Observações

-

Efeitos Colaterais

-

Bibliografia

1. http://florien.com.br/wp-content/uploads/2016/06/CAVALINHA-1.pdf