Cotar Agora
Home / Pricípios ativos / Cáscara Sagrada

Cáscara Sagrada

( Controle de peso e Laxantes )

Formas de Administração

Uso Oral

Controlado?

Não

Tipo de Receita

Receita Simples (branca, 1 via)

Manipulado

Cápsulas

A Cáscara Sagrada é uma planta medicinal utilizada tradicionalmente para tratar prisão de ventre, por duas propriedades laxantes. O seu extrato seco em cápsulas é vendido por farmácias de manipulação e possui ação diurética e laxante, estimulando a movimentação do intestino para facilitar a eliminação das fezes. O nome científico da Cáscara Sagrada é Rhamnus Purshiana D. C.

Como usar?

As dosagens indicadas varias de 100 a 500mg ao dia, podendo ser dividida entre as refeções.

Restrições de uso

Uso adulto

A perda de potássio, resultante do uso prolongado da cáscara sagrada, pode potencializar a toxicidade dos digitálicos e as arritmias quando administrada concomitantemente com drogas antiarrítmicas. A interação da cáscara sagrada com diuréticos tiazídicos, esteróides corticoadrenal e raiz de anis podem aumentar esta deficiência de potássio. A indometacina administrada concomitantemente com derivados antracênicos, constituintes da cáscara, apresenta um decréscimo no efeito terapêutico devido a inibição da prostaglandina E2. Certos constituintes da cáscara sagrada são excretados pelo rim, sendo que a urina pode apresentar uma coloração alaranjada, a qual não é clinicamente relevante, porém pode causar resultados falsos positivos em exames de urina. Pode causar ainda alterações bioquímicas nos exames laboratoriais, como albuminúria, hematúria e acidose metabólica.

Contraindicação

A Cáscara Sagrada está contraindicada para grávidas, lactantes e para pacientes com apendicite, desidratação, impactação fecal, náuseas, obstrução intestinal, sangramento retal, vômitos ou dor abdominal.

Observações

Antes de pedir para uma farmácia de manipulação desenvolver o seu produto, consulte um (a) médico (a) especialista.

Efeitos Colaterais

Os efeitos colaterais da Cáscara Sagrada incluem cansaço, cólica abdominal, diminuição de potássio no sangue, diarreia, falta de apetite, má absorção de nutrientes, náuseas, perda da regularidade para defecar, suores, tonturas e vômitos.

Bibliografia

1. Lôbo, C. R. - Cáscara Sagrada (Rhamnus purshiana): Uma revisão de literatura. http://revistafacesa.senaaires.com.br/index.php/revisa/article/view/28/23 2. https://www.tuasaude.com/cascara-sagrada/