Cotar Agora
Home / Pricípios ativos / Carbo Animalis

Carbo Animalis

( Homeopatia )

Formas de Administração

Uso Oral

Controlado?

Não

Tipo de Receita

Receita Simples (branca, 1 via)

Manipulado

Glóbulos, solução

O paciente Carbo Animalis quer ficar sozinho. Não gosta de companhia, de conversar. Apresenta um estado de fadiga acentuado. Tem as suas reações diminuídas. Tristeza. Ansiedade, em especial à noite. Vertigem quando se levanta, acompanhada de náuseas; melhora se se deitar. Audição diminuída. Confunde a direcção donde provêm os sons. Fome voraz. Tem um gosto amargo na boca. Eructações com sabor dos alimentos ingeridos já há bastante tempo. Aversão aos alimentos com gordura. Náuseas que surgem após se ter alimentado com carne. Prisão de ventre; deseja defecar, mas não consegue. Hemorróidas com dores ardentes, que agravam quando anda. Epistaxe de manhã, logo a seguir a vertigem. Tosse seca que agrava à noite, deitado do lado direito. Sensação de frio no peito. As glândulas mamárias estão endurecidas. As menstruações e leucorreia esgotam a paciente completamente. Faz entorses com frequência. Suores amarelados, de muito mau odor, à noite. AGRAVA – pelo frio. MELHORA – num aposento quente.

Como usar?

Recomenda-se o uso conforme orientação de um profissional prescritor habilitado.

Restrições de uso

Uso Adulto e Pediátrico

-

Contraindicação

-

Observações

-

Efeitos Colaterais

-

Bibliografia

https://www.abrahcon.com/materia-medica/pt/carbo-animalis-55 http://josemariaalves.blogspot.com.br/2009/07/carbo-animalis-materia-medica.html