Cotar Agora
Home / Pricípios ativos / Baryta carbonica

Baryta carbonica

( Homeopatia )

Formas de Administração

Uso Oral

Controlado?

Não

Tipo de Receita

Receita Simples (branca, 1 via)

Manipulado

glóbulos, solução

Adequado às queixas da primeira e segunda infâncias; o psórico ou tuberculinico. Crianças escrofulosas e pequenas, que não crescem. Mulheres e solteironas histéricas e pequenas. Pessoas velhas, caquéticas, escrofulosas, especialmente quando são gordas. Absorto, distraído, a mente se ocupa com um só pensamento (de olhos abertos); Acredita que deve morrer e chora; Agressividade latente, voltada para o social; Ansiedade com tarefas triviais, preocupado por assuntos totalmente insignificantes; Ansiedade pelo futuro, o qual crê será sombrio; Antes da prova, estuda, sabe tudo, mas na hora da prova ´dá um branco´, transpira, remoe-se em conflitos, não escreve uma só linha com medo de errar, é taxado de burro; Aparência de debilidade mental; Aptidão para trabalhos imitativos e repetitivos; Ar de debilidade antiga; Aspecto irritável; Auto-depreciação; Cólera ingerida pela covardia; Comportamento infantil em adulto/idoso; Consciencioso no vestir, meticuloso por bagatelas; Criança com enurese, motivada por ciúmes; Criança da cidade com temor dos campos abertos; Criança muito pequena, com retardo físico e mental; Criança não deseja brincar, fica sentada sem fazer nada; Criança que busca a companhia de crianças menores e mais fracas; Criança mongolóide (´protegida´ na condição de criança); Crianças dentuças que roncam à noite, geralmente barrigudas, sonolentas e com humor azedo; Crianças que se escondem por trás das pernas dos pais, quando chega uma visita escondem-se debaixo da cama; Crianças tapam a cara e olham por entre os dedos; Dependente nas relações afetivas; Desejo sexual diminuído; Desenvolvimento assimétrico até o início da vida adulta; Desgosto com a vida; Desorientação no tempo e no espaço; Despertar confuso; Dificuldade no aprendizado das crianças; Dificuldade nas provas; Embotamento; Esconde-se das pessoas, teme criticas e deboches; Esquece rapidamente o que aprende; esquecimento de nomes; Estado de ´não-viver´; Evita a condição de adulto (´peter pan´); Extremamente antagônico e irritável; Fabricam problemas sem parar; Facilidade no desvio a atenção; Falta de confiança em si mesmo e nos outros; Falta de habilidade gestual; Fantasiais extravagantes e extraordinárias à noite; Grande capacidade para imitar, não para criar; Idiotismo; Imagina que anda sobre os joelhos; Imaturidade afetiva; Imbecilidade, com todo tipo de deficiência mental; Impressionávies; Impulsos descontrolados na adolescência, provocando desvios sexuais; Inadaptação (profissional, social e afetiva); Indiferença aparente ao ambiente e aos contatos sociais; Inicia tudo, mas não termina nada; Lentidão de ideação, pobreza de expressão verbal; Materialista; Mau pressentimento na alma; Meditação com motivos religiososo; Melhora na solidão e quando ocupado; Mentalidade ranzinza; Minusvalia; Mongolismo; Mulher que se estrutura com o passar do tempo, assumindo suas responsabilidades; Mulheres com aspecto masculino e envelhecidas precocemente; Mulheres solteironas, histéricas e pequenas; Na rua imagina que estão rindo dele; Não consegue atravessar uma ponte (medo de água); Não reconhece o valor do dinheiro; Palidez, com face inexpressiva, corpo pesado; Passividade de meninas deixando-se violar sem resistência por incapacidade de avaliar a situação/por curiosidade; Perde-se em lugares conhecidos; Piora com o banho; Preocupações imaginárias; Quer sair de casa, principalmente na gravidez; Remói todas as dificuldades; Riso abobalhado; Se balança ritmicamente, como o balanço de fazer dormir; Sem vida social/sexual; Sensação de corpo estranho na garganta; Sensação de má noticia iminente; Sensação de que algo cai dentro do tórax; Sensação de que o cérebro está solto na cabeça; Sensação de ter passado clara de ovos no rosto; Sensibilidade ao frio; Temeroso do futuro; Terrores noturnos; Timidez, sempre olhando para o chão; Todas as anomalias do crescimento; Todas as aquisições serão difíceis; Troca rápido de opinião, irresolução; Um olho alegre e o outro triste; Vivência que destaca pobreza (intelectual, social e afetiva). Abdômen inchado, abaulado, tenso, duro; Abscessos; Adenóides hipertrofiadas; Alcoolismo; Amigdalite com tendência à supuração; Amolecimento cerebral; Andar com apoio, marcha sem harmonia e mal coordenada; Apesar da fome, recusa alimentos; Apoplexia em velhos; Astigmatismo; Atividades em geral funcionando em baixa cadência; Ausência de calor vital; Autismo; Blefarite; Boca aberta; Cansaço após as refeições; Calor deficiente, sempre friorentas e com calafrios; Calvície; Cefaléia frontal; provocada por qualquer esforço continuo; Cólicas em pequenos ataques; Come unhas; Congestão freqüente na cabeça; Coriza; Dor de cabeça em pessoas idosas, velhos beberrões que são infantis; Ejaculação precoce (por insegurança); Emagrecimento generalizado; Engolir alimentos é doloroso, exceto líquidos; Envelhecimento muscular; Epistaxe pré-menstrual; Erupções cutâneas crostosas na cabeça e na margem das pálpebras; Esclerose cerebral; Esfincte sem controle; Esterelidade; Fala com traços espessados; Feridas difíceis de cicatrizarem; Fezes duras; Flatulência com cólicas; Fraqueza mental e física; Gânglios inchados e endurecidos, com supuração incipiente (cervicais e inguinais); Garganta com espasmos e ardor que impede de engolir; inabilidade para engolir, exceto líquidos; Gota; Hemorróidas protraídas a cada vez que urina; Hipertensão; Imaturidade genital; Lactente amorfo, aprende com dificuldade a amar; Linguagem mal articulada (pode ser gago); Lordose; Mãos apergaminhadas, secas; Memória deficiente, esquecido, desatento; Menstruação escassa; Miopia; Não fica em pé corretamente; Oftalmia escrofulosa, córnea opaca; Paralisia dos idosos; Próstata e testículos com hipertrofia ou endurecimento; Prurido nos ouvidos; Quedas freqüentes; Quistos; Resfriado fácil; Rigidez pseudo-parkisoniana; Ronco; Rosto inchado; Rouquidão; Salivação intensa; Sarcomas; Sonolência diurna; Suor mal cheiroso nos pés, artelhos e plantas dos pés machucados; nos calcanhares; Tecidos com alterações degenerativas; Tosse crônica; seca, sufocante, com abundância de muco, com dificuldade de expectoração; Transpiração ao acordar; Útero doloroso e hipertrofiado; Verrugas;

Como usar?

Recomenda-se o uso conforme orientação de um profissional prescritor habilitado.

Restrições de uso

Uso Adulto e Pediátrico

-

Contraindicação

-

Observações

-

Efeitos Colaterais

-

Bibliografia

1. https://www.abrahcon.com/materia-medica/pt/baryta-carbonica-35