Home / Pricípios ativos / Aciclovir

Aciclovir

( Antivirais e Imunidade )

Cotar Agora

Formas de Administração

Uso Tópico

Controlado

Não

Tipo de Receita

Receita Simples (branca, 1 via)

Manipulado

Creme dermatológico

Indicação


Indicado para o tratamento da herpes labial, genital e de mucosas, causadas pelo vírus Herpes simplex tipo 1 e 2 e Herpes Zoster, sendo satisfatório tanto para infecções iniciais quanto para as recorrentes. O tratamento prolongado com Aciclovir pode diminuir a incidência de recidivas, o que é particularmente importante em pacientes imunodeprimidos. As infecções podem reaparecer com a suspensão do tratamento. O Aciclovir também melhora a dor e a cicatrização das lesões nos casos de herpes zoster.

Posologia


Para uso externo, a concentração usual é de 3 a 5%. As formulações devem ser aplicadas nas lesões, por volta de 5 vezes ao dia, durante 5 à 10 dias. Aplicar com intervalos de aproximadamente quatro horas. Evitar a aplicação no período noturno.

Restrições de uso


Uso adulto e pediátrico

Interação Medicamentosa


Não foram identificadas interações significativas com medicamentos, alimentos ou exames laboratoriais.

Contraindicação


Avise seu médico se você: - Possuir alguma doença que afete seu sistema imunológico, como infecção pelo vírus HIV por exemplo - Passou por transplante de medula óssea - Está amamentando - Está grávida (no caso de uso oral) - Já apresentou alguma reação alérgica ao aciclovir ou ao valaciclovir - Possuir problemas nos rins ou no fígado - Este medicamento é adequado para a maioria das pessoas, mas algumas não devem utilizá-lo. - Para aplicação tópica (na pele), não se recomenda a aplicação em mucosas, como boca (interno), olhos ou vagina, pois pode causar irritação. Tome cuidado especial para evitar o contato do creme com os olhos.

Observações


“ACICLOVIR É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA” VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA. Siga SEMPRE as orientações do seu médico. Evite a auto-medicação. “SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO”.

Reações Adversas


Reações Incomuns: queimação ou ardência passageira; ressecamento leve e descamação da pele; coceira Reações Raras: vermelhidão da pele e irritação. Reações muito Raras: Hipersensibilidade.

Bibliografia


ANVISA, 2017. Lista de medicamentos referência. Disponível em: http://http://portal.anvisa.gov.br/registros-e-autorizacoes/medicamentos/produtos/medicamentos-de-referencia/lista. Acesso em junho de 2017. BATISTUZZO, J.A; ITAYA, M; ETO, Y. Formulário Médico-Farmacêutico. São Paulo-SP:Tecnopress, 3ª Ed. 2006. SWEETMAN, S.C; et al; MARTINDALE – Guia Completo de Consulta farmacoterapeutica. Barcelona. 2ª Ed. 2005. ZOVIRAX. Laboratório GlaxoSmithkline. Bula do medicamento. Disponível em http://www.anvisa.gov.br/datavisa/fila_bula/index.asp. Acesso em junho de 2017.