Home / Pricípios ativos / Aciclovir

Aciclovir

( Antivirais e Imunidade )

Cotar Agora

Formas de Administração

Uso Oral

Controlado

Não

Tipo de Receita

Receita Simples (branca, 1 via)

Manipulado

Cápsulas

Indicação


Indicado para o tratamento da herpes labial, genital e de mucosas, causadas pelo vírus Herpes simplex tipo 1 e 2 e Herpes Zoster, sendo satisfatório tanto para infecções iniciais quanto para as recorrentes. O tratamento prolongado com Aciclovir pode diminuir a incidência de recidivas, o que é particularmente importante em pacientes imunodeprimidos. As infecções podem reaparecer com a suspensão do tratamento. O Aciclovir também melhora a dor e a cicatrização das lesões nos casos de herpes zoster.

Posologia


Para uso interno, a dosagem recomendada é de 400 à 1.000mg ao dia, durante 5 a 10 dias. Para crianças acima de 2 anos, a dosagem recomendada é a mesma que para adultos, e para menores de 2 anos, a dose deve ser reduzida pela metade. Outras posologias á critério médico.

Restrições de uso


Uso adulto e pediátrico acima de 2 anos

Interação Medicamentosa


Para uso interno, aciclovir podem ocorrer as seguintes interações: - probenecida (usado para tratar gota) - cimetidina (usado para tratar úlcera péptica) - medicamentos como micofenolato de mofetila (usado para prevenir rejeição após transplante de órgãos) Aciclovir pode afetar o resultado de exames de sangue e de urina. Informe seu médico sobre o uso deste medicamento se você for fazer exames de urina ou de sangue. Deve ser administrado com precaução para pacientes com insuficiência renal, pois pode agravar os quadros da doença.

Contraindicação


Avise seu médico se você: - Possuir alguma doença que afete seu sistema imunológico, como infecção pelo vírus HIV por exemplo - Passou por transplante de medula óssea - Está amamentando - Está grávida (no caso de uso oral) - Já apresentou alguma reação alérgica ao aciclovir ou ao valaciclovir - Possuir problemas nos rins ou no fígado Este medicamento é adequado para a maioria das pessoas, mas algumas não devem utilizá-lo. Av - Para aplicação tópica (na pele), não se recomenda a aplicação em mucosas, como boca (interno), olhos ou vagina, pois pode causar irritação. Tome cuidado especial para evitar o contato do creme com os

Observações


“ACICLOVIR É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA” VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA. Siga SEMPRE as orientações do seu médico. Evite a auto-medicação. “SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO”.

Reações Adversas


Reações Comuns: dor de cabeça; enjoos; vômito; diarreia e dores no abdômen. Reações Incomuns: urticária. Reações Raras: anafilaxia.

Bibliografia


ACICLOVIR MEDICAMENTO GENÉRICO. Laboratório Merck Sharp & Dohme. Bula do medicamento. Disponível em: http://www.anvisa.gov.br/datavisa/fila_bula/index.asp. Acesso em junho de 2017. ANVISA, 2017. Lista de medicamentos referência. Disponível em: http://http://portal.anvisa.gov.br/registros-e-autorizacoes/medicamentos/produtos/medicamentos-de-referencia/lista. Acesso em junho de 2017. BATISTUZZO, J.A; ITAYA, M; ETO, Y. Formulário Médico-Farmacêutico. São Paulo-SP:Tecnopress, 3ª Ed. 2006. SWEETMAN, S.C; et al; MARTINDALE – Guia Completo de Consulta farmacoterapeutica. Barcelona. 2ª Ed. 2005. ZOVIRAX. Laboratório GlaxoSmithkline. Bula do medicamento. Disponível em http://www.anvisa.gov.br/datavisa/fila_bula/index.asp. Acesso em junho de 2017.