A vida da mulher do século XXI não é fácil! Se dividir entre o trabalho, estudos, vida pessoal e familiar e ainda se manter firme exige muito de nós e, com isso, muitas consequências ocorrem. Ao final do dia, nem sempre estamos com a libido como gostaríamos e nessas horas um incrível medicamento pode nos auxiliar. Qual? O viagra feminino!

O remédio que se popularizou no final dos anos 90 entre os homens é responsável por aumentar a libido e manter a ereção na hora H. Mas, e nós? Infelizmente, muitos tabus ainda são presentes quando o assunto é a nossa sexualidade. Por isso, o Blog da 99fórmulas, com a ajuda da ginecologista Renata Gimenez, criou um guia completo sobre o estimulante sexual que vem cada vez mais sendo utilizado entre nós.

O que é o viagra feminino?

Segundo a especialista, o viagra feminino é composto por uma substância chamada Flibanserin. Antes, o medicamento foi muito utilizado como antidepressivo, no entanto, a sua utilização contínua mostrou diversos benefícios relacionados ao apetite sexual feminino quando utilizado diariamente por mais de quatro semanas.

“Ele age como agonistas e antagonistas dos receptores de serotonina, aumentando a dopamina e a norepinefrina em partes do cérebro e reduzindo a serotonina”, explica a especialista. Esses hormônios estão diretamente ligados ao amor, à felicidade e ao prazer.

Com o estresse do dia a dia, nem sempre, mesmo com carícias, elogios e uma boa performance masculina na hora da transa, a libido feminina é da forma adequada. O consumo do medicamento, auxilia nessas questões, deixando a mulher mais relaxada e aumentando o desejo.

Quais os efeitos do viagra feminino?

Como falamos, o viagra feminino age diretamente na liberação de hormônios ligados ao amor e ao prazer. Por isso, além de mais disposição sexual, a mulher sente mais desejo e prazer. Por ser classificado como antidepressivo, o Flibanserin também atua nas questões psicológicas e sentimentais, promovendo uma sensação mais agradável no dia a dia e na hora do sexo.

Qual a duração do efeito do viagra feminino?

De acordo com a Dra. Renata, para obter resultado, o Flibanserin, deve ser tomado diariamente na dose de 100mg, antes de deitar, pelos riscos de efeitos colaterais. “Seu uso é contínuo pelo período julgado necessário e com acompanhamento médico periódico”, ainda explica a ginecologista.

Essa é uma das diferenças entre o viagra feminino e o viagra masculino. Logo abaixo, confira outras diferenças entre os estimulantes para ambos os sexos.

Quais as diferenças entre o viagra feminino e o viagra masculino?

Segundo a especialista, o viagra masculino é indicado para os homens que sofrem de disfunção erétil, já para as mulheres, o Flibanserin, possui outra função. “ O viagra feminino tem uma ação central, alterando receptores cerebrais de serotonina, diminuindo serotonina e aumentado dopamina e noraepinefrina. Seu efeito aumentando o desejo feminino é desconhecida, mas a ação é a nível central (cerebral) e não local como no masculino”.

Como sabemos, a famosa pílula azul deve ser tomado uma hora antes da relação sexual e age favorecendo o relaxamento dos músculos lisos dos corpos cavernosos do pênis e a dilatação de artérias que levam sangue até eles, facilitando a entrada de sangue no pênis e consequentemente a ereção. Já o estimulante sexual feminino age na liberação de hormônios e deve ser consumido diariamente.

Quem pode tomar viagra feminino?

A Dra. Renata conta que as pacientes mais indicadas para o indicadas para o consumo do viagra feminino, são mulheres no período da pré menopausa, ou já estão nessa fase. “No período pré menopausa, mulheres com irregularidade menstrual e alterações hormonais, que indiquem o início da falência ovariana, que ocorre nas mulheres brasileiras geralmente próximo aos 45 anos”, conta a especialista.

No entanto, mulheres que ainda não estão nesse período, também podem consumir o medicamento, desde que, o mesmo seja recomendado por um especialista e o tratamento tenha o acompanhamento médico indicado.

Quando tomar o valor feminino?

Como falamos, o viagra feminino não age instantaneamente no corpo, como nós homens e deve ser consumido diariamente. Mas, qual a melhor hora para tomar viagra feminino? A especialista fala que o melhor momento para consumir esse remédio, é antes de dormir, dispensando jejum ou uma alimentação especial.

Mas lembre-se: a ação do Flibanserin só é reconhecida após o consumo diário por mais de quatro semanas. Inclusive, essa posologia é recomendada, pois como todo medicamento, o viagra feminino tem efeitos colaterais.

Quais são os efeitos colaterais do viagra feminino?

De acordo com a especialista, “9s principais efeitos colaterais dessa medicação é a queda de pressão podendo causar síncopes, tontura, sonolência, náuseas e fadiga”. Além disso, o viagra feminino não pode ser usado com álcool com aumento importante de efeitos colaterais, e não deve ser usado com medicações que inibem o CYP3A4, como antidepressivos e fluconazol.

Existem outros estimulantes sexuais femininos?

O corpo humano não é uma máquina! Quando falamos de uma vida sexual, são inúmeros os fatores que podem interferir no desejo, no prazer e na performance. A Dra. Renata explica sobre tudo o que acontece dentro de uma mulher quando o assunto é sexo.

“É importante entender que a falta de desejo sexual em mulheres tem origem multifatorial e que remédios tem eficácia limitada e muitos efeitos colaterais. Doenças como depressão, ansiedade, estresse, ou fatores como fadiga, cansaço, falta de privacidade, ou como a mulher enxerga seu corpo, se está insatisfeita, são causas importantes da falta de libido”.


Uma vida ativa e saudável também influencia nessas questões, fator não  exclusivo feminino. “Os maiores preditores de satisfação sexual em mulheres são, a saúde física e mental, além da qualidade do relacionamento com o parceiro. Portanto os tratamentos mais eficazes englobam melhora da saúde física e psicológica com aconselhamento psicológico, por exemplo, com uma terapeuta especializada em sexualidade para a mulher e para o casal”.

Outros medicamentos, como a bupropiona, androgênios como a testosterona e outros, tem indicações exatas e devem ser orientadas pelo médico, avaliando o caso particular de cada paciente. Mas antes de tomar o viagra feminino, o ideal é ter uma boa conversa com quem está ao seu lado e passar por uma bateria de exames.

Onde encontrar o viagra feminino?

O viagra feminino pode ser encontrado em diversas drogarias ou em farmácias de manipulação, tudo dependerá da indicação do seu ginecologista! Com o tratamento ideal e uma vida mais saudável, nosso corpo mudará e sim, nós podemos mais!

A ginecologista Renata Gimenez é nossa nova parceira no 99Fórmulas. Formada pela Faculdade de Medicina do ABC e em ginecologia e obstetrícia pela mesma instituição. Se especializou em ginecologia endocrinológica e reprodução humana pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP). Entende tudo sobre o corpo feminino e irá sempre nos ajudar com suas dicas!

faça uma cotação aqui!faça uma cotação aqui!
99fórmulas

Author 99fórmulas

Mais posts por 99fórmulas

Deixe um Comentário